Líder em vendas de aços planos no Brasil, a Usiminas foi a última das três grandes siderúrgicas a anunciar reajuste de preços de seus produtos. Os laminados a quente e a frio ficarão 10,6% mais caros e os zincados — ou galvanizados — terão os preços elevados em 15,1%, disse uma fonte.

Assim como Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) e ArcelorMittal Tubarão, as mudanças promovidas pela Usiminas serão válidas a partir de 1º de junho para a rede de distribuição e o segmento industrial.

Na quarta-feira, a CSN avisou que iria reajustar os preços dos laminados em 11,75% e dos revestidos, em 8,25%. Na quinta, a ArcelorMittal avisou sobre aumentos de 12% para laminados e zincados e de 8% para o galvalume — revestido de zinco e alumínio.

Fonte: Valor Econômico

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preciso de ajuda? Converse conosco